Twitter começa a punir usuários abusivos com redução temporária de alcance


O Twitter está reprimindo o comportamento abusivo de alguns usuários na rede social. Agora, quem violar as regras da plataforma terá seus tweets temporariamente escondidos daqueles que não os seguem.
A redução no número de pessoas que podem ver as mensagens postadas pelo usuário autuado é uma forma de punir quem está usando o Twitter para fazer discursos de ódio ou postar tweets ofensivos.
"Detectamos um comportamento potencialmente abusivo da sua conta, então apenas seus seguidores poderão ver a sua atividade no Twitter", diz o aviso apresentado a quem infringe as regras da plataforma. Aparentemente, a proibição vigora por 12 horas, mas não está claro se ela pode ser estendida para reincidentes.
A novidade faz parte de um anúncio feito pelo Twitter há cerca de uma semana. Na ocasião, a empresa anunciou três novas medidas para melhorar a segurança na plataforma de microblogging. Os esforços incluem impedir a criação de novas contas abusivas, disponibilizar resultados de busca na plataforma mais seguros, e ocultar tweets potencialmente abusivos ou de baixa qualidade.
A política de conduta de ódio na plataforma proíbe o comportamento que ameace ou ataque pessoas com base em raça, etnia, nacionalidade, orientação sexual, gênero, identidade de gênero, religião, idade, deficiência ou doença.

Fonte:  MacWorld, Canaltech

Postar um comentário