Galaxy S8 com Exynos 8895 supera todos os concorrentes em teste de desempenho

Galaxy S8 com Exynos 8895 supera todos os concorrentes em teste de desempenho

Apesar de ainda não ter sido anunciado oficialmente, os rumores indicam que o Galaxy S8 é uma verdadeira besta enjaulada com configurações de fazer inveja em qualquer concorrente. E isso foi confirmado neste fim de semana, quando o flagship da Samsung apareceu em testes de benchmark desbancando todos os seus rivais.

Equipado com o novíssimo SoC Exynos 8895, o Galaxy S8 conta com processador fabricado em 10 nm, segunda geração de núcleos personalizados e uma GPU de alto desempenho e que consome pouquíssima energia. Como se isso não fosse suficiente, o componente é capaz de atingir velocidades de até 3 GHz, algo inédito em chips para dispositivos móveis.

Resultado de teste de desempenho do Galaxy S8 mostra o quão poderoso o dispositivo é
Ranking destaca Galaxy S8 em relação aos concorrentes em testes com múltiplos núcleos ativados e outro de single core. Aparelho só fica para trás no segundo tipo de teste
Ranking destaca Galaxy S8 em relação aos concorrentes em testes com múltiplos núcleos ativados e outro de single core. Aparelho só fica para trás no segundo tipo de teste
Ranking destaca Galaxy S8 em relação aos concorrentes em testes com múltiplos núcleos ativados e outro de single core. Aparelho só fica para trás no segundo tipo de teste (Reprodução: Geekbench)
Basicamente que em tarefas que exigem mais processamento, como a execução de jogos e renderização de vídeos, o Galaxy S8 com Exynos 8895 é impecável e se sobressai em relação a qualquer concorrente. Porém, nas tarefas do dia a dia, em que apenas um dos núcleos de processamento é utilizado, o iPhone 7 Plus se sai melhor. A explicação disso é a seguinte: a integração de hardware e software da Apple conta muito mais pontos aqui, deixando o chip processador baseado em arquitetura ARM da Samsung para trás.

E aí vem a pergunta que não quer calar: qual é o melhor? Se você é um usuário comum, pode apostar que qualquer um desses dispositivos mostrados na lista do Geekbench serão capazes de atender às suas necessidades. No fim das contas, a escolha é muito mais uma questão de preferência e orçamento do que qualquer outra coisa.


Postar um comentário